AndroidsUma das maiores diferenças do Android para as outras plataformas é a sua versatilidade. O usuário pode alterar total e completamente o sistema. Só que isso também traz alguns inconvenientes. O principal: deixar o aparelho da forma como se quer!

Parece estranho dizer isso, mas o excesso de opções às vezes atrapalha!

Não é apenas qual papel de parede vou colocar, mas quais widgets utilizarei, quais aplicativos terão atalho na tela, até qual launcher usarei! Nestes dias me vi nessa enrascada.

Há um bom tempo usava o SPB Shell 3D. Ele é bonito, com efeitos agradáveis, alguns widgets próprios bem interessantes, e altamente personalizável. Só que recentemente ele começou a dar alguns problemas. Bastava eu abrir uns 2 ou 3 sites no Chrome, e ao voltar pra tela inicial o launcher estava sendo reiniciado. Não seria um problema se acontecesse de vez em quando…..mas esse “de vez em quando” estava virando um “quase sempre”.

A gota d’água, por assim dizer, foi o fato do Photo Sphere não estar funcionando direito justamente por causa de memória! Após tirar um foto com esse recurso, o aparelho começa um processamento na foto, feito em segundo plano. Só que esse processamento é cancelado se não há memória disponível….e nunca mais é feito, aparentemente! E perder uma foto panorâmica por causa disso não é algo aceitável.

Então comecei a procurar por outros launchers. A primeira pergunta poderia ser “por que não usa o padrão do Android, que é muito bom”? A resposta seria: sim, ele é bom, mas falha em alguns detalhes. Por exemplo, não dá para tirar a barra de pesquisa do topo da tela.

Instalei o ADW e comecei a configurá-lo. Estava achando interessante, e decidido a ficar com ele, até que o Lito me indicou o Nova. Instalei, e gostei dele! Bem personalizável, dá pra colocar a quantidade de telas que quiser, também dá para adicionar mais de uma bandeja (aquelas opções que ficam fixas no rodapé da janela), incluir ações para vários gestos (deslizar com um dedo para cima, para baixo, dois dedos, deslizar um ícone, etc.)….

Na época do SPB estava com várias telas: a principal com uma série de atalhos, organizados em pastas, e alguns widgets de controle de energia (ativar/desativar Wi-Fi, bluetooth, sincronização dos dados, silencioso), um controle para ativar o flash como lanterna, indicador de bateria (que mostra uma estimativa de tempo restante de uso), atalho para a câmera e para a galeria. Em outra eu tinha atalhos para alguns contatos mais chamados, mais uma com a previsão do tempo, outra com várias pastas com os jogos, mais um bloco de notas, outra com a agenda e, por falta de espaço, um última apenas com o widget do SoundHound.

Tudo isso trocado por 3 telas! A tela de contatos virou uma instância do Circle Launcher, colocada na tela principal. O indicador de bateria e as pastas com os atalhos continuam lá. Saíram os atalhos da câmera e da galeria! A câmera virou um atalho na bandeja, e a galeria é acessada deslizando o dedo para cima no atalho da própria câmera (cortesia do Nova Launcher)!

A previsão do tempo (widget do Beautiful Widgets) e a agenda (Agenda Widget Plus, já que a padrão do Android é relativamente funcional, mas meio feia) ficaram na segunda tela. A previsão pequena, no topo, e a agenda ocupando o resto.

E na terceira tela os atalhos de alguns jogos, o widget do SoundHound e um outro widget de bloco de notas (o ColorNote).

Screenshot_2012-12-27-17-11-33Uma última coisa estava me incomodando…..o widget padrão de controle de energia é muito feio e totalmente inflexível (esse aí ao lado)! Queria algo mais interessante e que eu pudesse configurar o que deveria aparecer nele. Foi aí que achei o Power Toggles. Você define quais controles aparecerão, em qual ordem, pode definir os ícones, cores, tudo!

Minha tela inicial ainda não está “agradável” aos meus olhos…..mas já está interessante.

Tela inicial

Tela inicial