Uma mensagem colocada na conta oficial do Android no Twitter traz finalmente boas notícias: implementaram um sistema para verificar os aplicativos colocados no Market.

Segundo o texto publicado no Google Mobile Blog o serviço, batizado de Bouncer, faz uma varredura em todos os aplicativos que já estejam na loja, e também em todos os novos que forem colocados em busca de malwares já conhecidos.

Ele também busca por sinais de que o aplicativo faz algo a mais do que deve (como por exemplo tentar explorar brechas e obter acesso de root). Isso é feito através de um sistema que faz com que os aplicativos rodem nos servidores da empresa simulando um aparelho rodando o Android, permitindo analisar tudo que o aplicativo tenta fazer no sistema.

Segundo o texto, a quantidade de downloads potencialmente maliciosos no Market caiu 40% entre a primeira e a segunda metade de 2011.

E eles finalizam dizendo porque o Android é relativamente seguro, no que eu concordo em grande parte:

  • sandbox: isso é um conceito utilizado em informática que significa isolar um processo de outro. Graças ao sandbox uma aplicação não possui acesso a outra ou a seus dados. São como se fossem, literalmente, caixas de areia onde cada aplicativo está rodando isolado, e uma caixa não se comunica com outra caixa. Isso é verdade, a menos que o sistema possua alguma falha que permita um aplicativo ganhar privilégios de superusuário (o famoso root)…nesse caso, ele terá acesso irrestrito ao sistema.
  • permissões: aqui eu concordo 100%! De novo, vale a pena ler este texto, e sempre consultar as permissões que o aplicativo pede.
  • remoção de malwares: o Android possui a capacidade de ter aplicativos removidos remotamente. Sim, por um lado é uma certa invasão de privacidade pensar que alguém lá nos servidores da Google pode dar um comando e apagar um aplicativo no seu aparelho. Mas por outro lado é uma segurança a mais. Contanto que isso não seja usado para apagar conteúdo do usuário, eu acho válido.

Vamos ver como o Market ficará daqui pra frente, e quem sabe esse serviço não permita ter uma loja mais limpa.