Sempre achei que jogos de esportes em celulares (ou até consoles) eram muito complicados! No futebol da bola redonda há dezenas de controles que você precisa lembrar: é um pra passar, um pra chutar ao gol, outro pra lançamentos, driblar, correr, saltar, dar cambalhota, triplo mortal carpado, e por aí vai. Fazer isso num celular então eu acho inviável.

De vez em quando a Google faz algumas promoções de apps, como aquela dos 10 bilhões de downloads onde a cada dia alguns programas eram vendidos a U$0,10, e mais recentemente para comemorar a estreia do Google Play colocaram alguns a U$0,40. Eu acabei comprando dois jogos: o NFL Rivals (na promoção do bilhão) e o NFL Flick Quarterback (na do Play).

Os gráficos, como se nota nas imagens abaixo, são muito bons! Em ambos os jogos! As imagens no formato retrato (em pé), são do NFL Flick, e as que estão no formato paisagem (deitadas) são do NFL Rivals.

 

 

O NFL Flick segue o mesmo conceito de todos os jogos flick: você joga deslizando seu dedo pela tela. Nele você é o quarterback (para quem não conhece futebol americano, é o jogador que lança a bola), e seu objetivo principal é, obviamente, lançar a bola de forma que seu atacante a pegue e possa fazer um touchdown. A maior dificuldade no começo é acertar o deslizamento do dedo, já que quanto mais desliza, mais longe a bola vai! É preciso dosar bem distância e direção, lembrando que não é uma boa ideia lançar a bola onde está o atacante, mas sim onde ele estará!! O resultado da jogada, se a bola chegar redonda ao atacante normalmente será um touchdown (até porque o objetivo não é exatamente esse, mas sim acertar o passe).

Só que as coisas vão ficando mais complexas….inicialmente há apenas um defensor. Depois aparecem 2, 3, 4…e começam a vir atrás de você, te obrigando a desviar deles. Há outras formas de jogar, como o quick fire, onde você tem um tempo para lançar a bola, e um bem interessante, chamado trick shot, onde o objetivo é acertar a bola dentro de um latão! Parece simples no começo, mas conforme a distância vai aumentando vai ficando cada vez mais difícil.

E como em todos os jogos da série flick, o vento também conta!

Já o NFL Rivals está mais próximo do que seria um jogo de verdade. Você controla um jogador, que se movimenta seguindo o acelerômetro (ou seja, celular pra frente ele corre e para os lados ele vira), além dos controles na tela para alguns movimentos, como fazer um tackle (derrubar o adversário), saltar ou dar um giro para escapar. É um pouco mais complexo para se jogar.

Existem os treinamentos para testar sua capacidade, e o jogo em si. Tanto no treinamento quanto no jogo você precisa fazer determinados percursos (como no jogo real, diga-se de passagem) para ganhar pontos! Sendo defensor, por exemplo, você precisa desviar dos tackles dos adversários, passar pelas regiões do campo marcadas (para ganhar mais pontos, que na imagem abaixo são os quadrados azuis) e ainda derrubar o atacante que está com a bola antes que ele faça o touchdown!

Em ambos os jogos você deve escolher um time. No caso do Rivals a pontuação que você fizer será adicionada a uma pontuação mundial. Então na prática há uma disputa entre os torcedores dos times para ver quem faz mais pontos. Eu não gostei muito disso pois, apesar de gostar de futebol americano e sempre assistir aos jogos, eu não torço por nenhum time….apenas gosto do esporte. E se não escolher um time, não tenho como jogar. Já no Flick a diferença será apenas no seu uniforme.

No meu Galaxy Nexus o Flick de vez em quando dá umas engasgadas. O Rivals roda muito bem, obrigado! Um detalhe interessante: ao colocar seu nome e o número que você deseja, ele vai aparecer na camisa do jogador.

Para os fãs da bola oval serve para matar as saudades enquanto a (curta) temporada não recomeça.