Já está correndo a notícia há algum tempo de que uma versão do Android para processadores x86 está a caminho. O que exatamente isso significa? Simples: todos os aparelhos que rodam o robô hoje em dia utilizam processadores de arquitetura ARM. Eles são mais simples, e portanto requerem menos energia para funcionar (eu diria que é o principal motivo de seu uso em larga escala nos aparelhos móveis: a bateria é sempre um gargalo).

Só que a Intel não quer ficar de fora da festa do Android, e ela é a maior fabricante de processadores na arquitetura x86. Outra bem conhecida é a AMD.

E como todos os aparelhos que rodam o Android utilizam ARM, não havia uma versão do sistema para x86. Havia. Agora não só há, como também é possível rodá-lo no seu computador! Eu testei utilizando o VirtualBox, mas acredito que funcione sem problemas também no VMWare e no VirtualPC.

Tudo que você precisa é criar uma máquina virtual. Eu utilizei estas configurações:

  • memória de 1GB
  • criei um disco de 4GB (que pode nem ser utilizado caso você não instale o sistema)

Um detalhe é quanto o acesso à internet. No VirtualBox eu deixei a rede como NAT, e no Android tive que ir até as configurações de ethernet, e alterar a seleção de sit0 para eth0.

Agora o mais importante: você precisa baixar a imagem para poder rodar o sistema. A versão mais atual no momento em que escrevo este texto está aqui. Você deve baixá-la, e descompactá-la. O resultado será um único arquivo com extensão .iso. Ele pode ser gravado num CD ou pendrive para dar boot ou ainda utilizá-lo diretamente na máquina virtual.

 
 

 
 

 
Não é uma versão final, mas acredito que sirva para brincar um pouco! Inclusive a última imagem deixa isso claro: executei um app que rotacionou a tela, e não teve jeito de fazê-la voltar ao normal…tive que reiniciar a máquina virtual!

Vários dos chamados Google Apps, como Market, Gmail, Latitude, Maps, etc. não estão disponíveis e ainda não há uma versão estável deles, mas no site do projeto é possível pegar versões preliminares, e quem sabe ajudar no desenvolvimento!

fonte: Android Community